30ª Bienal de São Paulo | A Iminência das Poéticas

26 de October de 2012
30c2aa-bienal-de-sc3a3o-paulo

E seguindo com nossas indicações e dicas inspiradoras para sextas-feiras mais leves, não poderíamos deixar de divulgar a Trigésima Bienal das Artes de São Paulo.

A mostra que começou no dia 7/09 e vai até 09/12, ocorre no Parque do Ibirapuera, no Pavilhão Bienal. A entrada é gratuita e segue os horários abaixo:

HORÁRIO DE VISITAÇÃO
TER, QUI, SÁB, DOM E FERIADOS
DAS 9 ÀS 19H – ENTRADA ATÉ 18H
QUA E SEX DAS 9 ÀS 22H – ENTRADA ATÉ 21H
FECHADO ÀS SEGUNDAS

O tema da Bienal, que desta vez tem o papel de levar arte para uma sociedade com pouco acesso à cultura e artes em geral, trata sobre  “A IMINÊNCIA DAS POÉTICAS”, tem curadoria de Luis Pérez-Oramas, e recebe 110 artistas, sendo 21 deles brasileiros.

Waldemar Cordeiro (Créditos:Divulgação)

“Foto do Clube Esperia” – Waldemar Cordeiro (Créditos:Divulgação)

Apesar do tema central, “A Iminência das Poéticas”, a mostra está dividida em cinco outros temas: Reverso, Sobrevivências, Alterformas, Derivas e Vozes. Outros pontos da cidade estão recebendo intervenções e elementos da mostra, como é o caso da Capela do Morumbi, da Casa Modernista e da Casa do Bandeirante.

Para acompanhar a programação das ativações das obras e dos ateliês, além de outras intervenções que estão ocorrendo com o público, não deixe de curtir a página da Bienal no Facebook (https://www.facebook.com/bienalsaopaulo) ou acompanhar pelo próprio site da mostra (http://www.bienal.org.br).

“Productos Peruanos para Pensar” – Alberto Casari (Créditos: Divulgação)

Aproveite o final de semana para ir expandir seus horizontes. Arte não é apenas para quem entende ou estuda esse universo, mas sim para todos aqueles que buscam aumentar seu repertório de mundo, e abrir o olhar para coisas novas. Todos que trabalham com criatividade e inovação devem estar constantemente em contato com coisas novas e fora da sua zona de conforto. Esse é um roteiro essencial para abrir a cabeça e aumentar o seu potencial criativo. ;)

Comentários

III Mostra 3M de Arte Digital

17 de August de 2012
e-convite_abertura

E como hoje é sexta-feira, é dia de inspiração e de garantir a programação criativa para o final de semana!!!

Começou esta semana a III Mostra 3M de Arte Digital, que conta com a participação de 15 artistas expondo seus trabalhos, tendo como tema central o uso criativo das tecnologias, com curadoria de Giselle Beiguelman.

Giselle chama o conceito da mostra de Tecnofagias, definindo este conceito como o encontro entre a ciência de ponta e a ciência de garagem, e explica ainda a mostra como  “um conjunto de criadores, que celebram as possibilidades em aberto do século 21 por meio de ações que devoram as tecnologias para devolvê-las ao coletivo como projetos de uma nova estética.”

No vídeo abaixo é possível entender um pouco mais, da própria Giselle, o que é Arte Digital:

 

Para conhecer um pouco mais dos 15 artistas que compõe a mostra, é só clicar na imagem abaixo:

 

Além da exposição, acontecerão também nos dias 18.08 e 01.09, das 17h às 20h, um projeto especial chamado Praia de Paulista, onde será projetado na parte externa do local da exposição um remix do filme  Terra em Transe, de Glauber Rocha. O público poderá assistir tudo de cadeiras de praia e ao final rolará conversas com críticos, pipoca e, como em toda boa praia, cervejinha. ;)

 

III Mostra de Arte Digital 3M

Quando: 15/08 a 16/09 (Terça a Domingo, das 11h às 20h)

Onde: Instituto Tomie Ohtake – (Av. Faria Lima, 201 – entrada pela rua Coropés  – Pinheiros, São Paulo – SP)

$$$: Entrada Gratuita

http://www.mostradeartedigital.com.br/

Comentários

Inspire-se com a cor no espaço e no tempo!

3 de August de 2012
Splash_Top_Daros

Sexta-feira é sempre aquele dia em que chegamos no escritório já pensando na hora de sair (atire a primeira pedra, quem nunca!)! Estamos pensando já no vários programas que teremos pela frente no fim de semana, nos momentos com a família, com o amigos, e naquele tempinho com nós mesmos! Delícia, né?!

E já que a sexta-feira pede esta pegada, decidimos que toda sexta-feira vamos honrar o clima do dia e postar alguma dica de inspiração que já fique valendo para o fim de semana! Pode ser uma exposição, um filme, um teatro, enfim, qualquer interação que tenhamos visto, e principalmente vivenciado e que tenha nos inspirado! Afinal, muito da inovação é inspiração!!!!! É ter uma variedade de experiências e conhecimentos diferentes acumulados para ter AQUELE insight diferente que vai virar o jogo! ;)

E para inaugurar nossos posts inspiradores, vou começar falando de uma exposição que visitei duas semanas atrás e super recomendo:

Carlos Cruz-Diez: A cor no espaço e no tempo.

Como nossa praia não é falar de arte e sim de inovação, não vou nem arriscar comentar a exposição deste ponto de vista! Deixo isso para os entendidos. Mas por que achamos que é uma exposição inspiradora? Vamos lá… primeiro porque é suuuuper colorida! =)

Tudo que tem cor desperta nossos sentidos e nos leva a outros lugares. O Cruz-Diez passou praticamente a vida toda dele estudando as cores e o efeito que ela causa nas pessoas. Esse é outro ponto legal: perceber como ele se coloca no lugar do observador para criar as suas obras! O tempo todo ele está pensando na pessoa que está interagindo e na reação que ele quer causar na pessoa que ali estará (não parada, porque suas obras exigem movimento!). E assim é nos processos de inovação, um eterno exercício de se colocar no lugar no outro, do cliente, do observado; para sentir suas dores, suas necessidades e a partir daí poder criar soluções incríveis.

Indução Cromática 53, 1973.

Outro ponto interessante é que ele quebra o paradigma da estática tão presente em museus onde obra e observador mantém sua distância e não há interação. Na maioria das obras, o efeito e o resultado de cada peça depende única e exclusivamente do trabalho do observador de se mover diante da obra, de um ir e vir diante do quadro enquanto observa as cores e as formas se modificando diante de seus olhos. É divertido ver as pessoas “dançando” na frente de cada marco, pois o movimento é fundamental para que se observe o efeito que o artista criou. O jornal Estadão citou perfeitamente que “no trabalho do artista, a cor deixa de ser ‘elemento fixo’ para transformar-se em ‘acontecimento’ a partir da luz”.

Além dos quadros e obras nos quais você fica em um constante ballet para aproveitar o máximo da experiência das cores se revelando como um passe de mágica diante dos seus olhos, existem duas instalações muito legais onde você faz parte do cenário e fica imerso no jogo de cores e luzes criados pelo artista. Se para você não vale pelo interesse artístico, vale ir, no mínimo, pelas fotos divertidas como as fotos abaixo. :)

Em uma entrevista para o jornal Folha de São Paulo, Cruz-Diez disse: “Fazer com que as pessoas entendessem a cor no espaço me ocupou durante muitos anos (…) estava tentando devolver a vista a uma geração de cegos.”.

E se você gostar do estilo do artista e quiser se aventurar pelos mesmos passos dele, tem até um app para testar suas habilidades:

“Arte é como uma bomba no tempo. Ela explode quando menos se espera e muda comportamentos que pensávamos imutáveis.” – Cruz-Diez

INSPIRE-SE:

Cruz Diez: cor no espaço e no tempo
Local: Pinacoteca do Estado
Endereço: Praça da luz, 2, São Paulo
Data: de 14 de julho a 23 de setembro
Horário: de terça a domingo, das 10h às 18h
Entrada: R$ 6 – grátis aos sábados e às quintas (esta última das 18h às 22h)

 

Comentários

Uma nuvem decorando a sua sala, que tal?

3 de April de 2012

Cada vez mais eu tenho a certeza de que tem doido pra tudo nesse mundo! Que bom! =)

Dessa vez a maluquice é bem legal! Imagine só ter uma nuvem artificial, mas muito parecida com uma nuvem de verdade, flutuando dentro da sua sala?! Ou no seu quarto?! Seria uma decoração no mínimo excêntrica.

Mas foi isso que o artista holandês Berndnaut Smilde resolveu fazer: criar nuvens dentro de casa!

Para isso ele criou um método que utiliza uma máquina para gerar fumaça, um termostato e um umidificador gerando assim lindas nuvens artificiais dentro de locais fechados.

O único probleminha é que as nuvens duram poucos segundos e já desaparecem. Para eternizar essa criação, o artista passou a tirar fotos destes momentos, tornando estas fotografias o único registro da curta existência destas nuvens caseiras.

A série de fotografias tiradas tem o objetivo de mostrar como é viver perto de uma nuvem.

Agora vamos torcer para ele descobrir um método para que elas se tornem duradouras para que possamos de fato decorar a casa com essas fofurinhas inspiradoras! :)

 
Comentários

Explosão de arte e criatividade

3 de December de 2011
2478216016_d615ac5d7d_b

Você se lembra que um dia desses falamos sobre o artista de rua Bansky e como esta modalidade de arte tem criado um novo mercado?

Pois é… tem um novo Banksy fazendo sucesso na cena da street art e este vem direto de Portugal!

Vhils, ou formalmente Alexandre Farto, é um lusitano que vem enfeitando as paredes de Lisboa e Porto com desenhos gigantescos esculpidos em paredes e prédios. A marca de Vhils são os retratos de pessoas comuns e a forma peculiar de construir seus desenhos: spray + explosivos! Isso mesmo, explosivos!!!

Em uma técnica requintada e delicada, Vhils utiliza o spray para desenhar as imagens enquanto os explosivos são colocados um a um, fixados com argamassa, e explodidos. O processo todo é gravado e editado para ser reproduzido com as imagens em slow-motion.

Além das paredes portuguesas, Londres, Nova York, Los Angeles, Moscou, Bogotá, Medelin, entre outras, já receberam sua arte.

Com esse trabalho, Vhils tem dado uma cara para as cidades onde sua criatividade explode. ;)

Comentários

Como dar vida a um exército de Lego

2 de December de 2011
Lego

Sabe aquelas pinturas bem legais com efeitos e ilusão ótica, em 3D, pintadas no asfalto ou nas calçadas e  que você só enxerga o desenho se olhar do ângulo certo? (não sabe? clique aqui).

Então… um grupo holandês de street art pintou um exército de bonecos Lego, inspirados nas estátudas do Exército de Terracota  encontradas no túmulo de um imperador chinês, em 1974, e que só faz sentido se olhado pelo ponto exato de observação. É impressionante!!!

O desenho que foi criado para um dos maiores festivais de Street Art do mundo, o Sarasota Chalk Festival, teve seu processo de criação documentado e filmado.

Pensa, mede, calcula, cria, desenha, pinta… para ver na prática como essas figuras são criadas até o seu resultado final fantástico, dá uma espiadinha no vídeo e divirta-se!!!  =)

[youtube=http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=lm3bUEePRMU]

Comentários

Quando o ordinário se torna extraordinário!

26 de November de 2011

Arte é transformar o ordnário em extraordinário! Você discorda?!

Este pensamento tem trazido novas formas de arte nas ruas e transformado aqueles que eram excluídos da sociedade, e chamados de pixadores, em artistas com acervos milionários!!!

O mais famoso desta linha de artistas de rua é o britânico Banksy! Grafiteiro, pintor, ativista político e diretor de cinema inglês, Banksy tem deixado sua marca pelas ruas de vários lugares do mundo e suas obras têm um alto valor estimado.

 

 

Em 2010, ele fez uma polêmica e crítica (como praticamente tudo o que faz, vamos combinar) abertura dos Simpsons, retratando as denúncias de que os produtores da série utilizariam mão de obra barata na Coréia do Sul. Também já espalhou suas obras pelos muros da Palestina (a foto aí de cima da menina com balões); teve seu documentário “Exit Through The Gift Shop” concorrendo ao Oscar; e tem criado uma legião de seguidores e fãs.

Acontece que agora, depois de chamar tanta atenção com suas críticas inteligentes através de suas manifestações artísticas, muitos museus rodam o mundo atrás das obras deste artista. Até mesmos pessoas comuns, que sabem o valor de cada trabalho seu, andam por aí quebrando paredes e vendendo suas obras na internet. Este foi o caso do desenho de um Charlie Brown incendiário (aquele ali da foto acima) que um fã arrancou literalmente da parede e o vendeu no eBay por U$ 8.100!!! Alguém gravou a cena “vergonhosa” e colocou no YouTube.

Você pode até não gostar deste estilo, mas tem que admitir que é uma forma de arte extraordinária! ;)

Comentários

Follow Us!

Realização:

Parceria

Biblioteca