Squirro! O primeiro assistente pessoal para pesquisas

8 de August de 2012

Squirro é o nome dado à uma ferramenta, recém lançada, que promete ser o primeiro assistente pessoal digital para pesquisas na internet! Basicamente, ele diminui o “ruído digital” da sua busca, fornecendo apenas informações relevantes sobre o tema pesquisado, incluindo contato de empresas.

[youtube=http://youtu.be/DfdM1Gz_2us]

Usando uma inteligência de curadoria automatizada, o Squirro digitaliza múltiplas fontes de canais de Internet, mídia social, contatos, bases de dados privadas e sistemas internos de negócios para reunir as informações e atualizações constantes. Como resultado, Squirro cria uma coleção viva de conteúdo, fornecendo contexto real às informações necessárias para pesquisa de mercado mais eficiente e perspicaz, análise competitiva, prospecção e construção de relacionamento.

Além disso, os usuários podem definir preferências, fontes ou o tipo de conteúdo que devem ser rastreados, e podem integrar dados de seus próprios documentos ou software de gerenciamento de conteúdo.

A ferramenta ainda está em fase beta (= teste) e é preciso ser convidado ou se inscrever na fila de espera para poder usar. Eu já me inscrevi, mas ainda estou no aguardo! No entanto, se você utiliza um sistema de CRM como Salesforce, SugarCRM, SAP, D, Highrise ou Confluence, você pode começar a usar o Squirro imediatamente. #CORRÃO!!!!!! Vamos testar! (e compartilhar experiências e percepções aqui no blog :P )

Se funcionar legal, com certeza vai ser fantástico e indispensável para desk research! (dedos cruzados)

 

via Springwise

Comentários

Wrike | Ferramenta para gestão de projetos

7 de August de 2012

Como sempre trabalhamos em vários projetos e processos de inovação ao mesmo tempo, ter uma boa ferramenta de gestão de projetos é essencial.

Estivemos testando algumas ferramentas e encontramos uma solução bem legal, principalmente pelos recursos disponíveis na versão free! =)

Estamos falando do Wrike, uma solução on line, super intuitiva, para gestão de projetos.

 

Dá para fazer todas as funções básicas de um gerenciamento de projeto, como delegar tarefas, ordenar atividades cronologicamente, enviar notificações aos participantes dos projetos a cada nova alteração, estipular prazos, entre outras tantas funções. Mas melhor do que eu escrever e explicar, é você assistir ao vídeo tour deles:

 

E aí? Gostou? Para começar a usar a versão trial, gratuita, é super simples, basta se cadastrar rapidamente no site e pronto! Corre lá para testar! ;)

Comentários

Visão geral de um processo de Design Research

5 de August de 2012

Muitas vezes sou abordada por pessoas que querem entender, de forma rápida, como funciona um processo de design research (sim, é a mesma coisa que design thinking). Ao explicar, sempre acabo rabiscando algumas coisas, mas acho que vou incluir o vídeo abaixo no meu discurso. rs.

É de uma reportagem feita em 1999 pela emissora norte americana ABC que mostra um processo realizado pela IDEO com o objetivo de redesenhar um carrinho de supermercado.

 

Para assistir  a versão completa, com cerca de 30 minutos, clique aqui.

Quer conhecer o case inteiro do shopping cart da IDEO?  Clique aqui.

 

(Ei! Pai! Agora você entendeu com o que eu trabalho? rs)

Comentários

Codiqa | Ferramenta para prototipar aplicativos para celular

28 de July de 2012

E já que estamos no embalo de prototipagem, vocês conhecem a ferramenta online chamada Codiqa?

Pra quem ainda não conhece, o Codiqa é uma ferramenta online que permite criar protótipos de aplicativos de celular. Basicamente, ele permite que você construa interfaces baseadas na biblioteca jQuery, ou seja, HTML5.

É bem fácil de usar. Eles já tem uma série de ícones e diagramas prontos que você pode utilizar no estilo “drag and drop”, adequando o conteúdo e ajustando a diagramação conforme você gostaria de ter na telinha do aparelho.

Seus projetos podem ser salvos na nuvem e podem ser compartilhados entre uma equipe.

A ferramenta é gratuita por 30 dias.

 

*A Take a Tip possui um treinamento chamado Laboratório de Prototipação, onde é possível aprender na prática a prototipar produtos, serviços e novos modelos de negócios. Para saber mais entre em contato takeatip@takeatip.com.br.

Comentários

IDDS + Make Your Choice | Evento Aberto

22 de July de 2012

Nós já falamos sobre o IDDS, Encontro Internacional de Design para o Desenvolvimento Social, uma iniciativa do MIT (Massachusetts Institute of Technology) que este ano está rolando no Brasil em parceria com a USP (Universidade de São Paulo) e com o ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica), com o objetivo de criar produtos e serviços para as comunidades de baixa renda através das ferramentas de design.

O projeto, que acontece durante todo este mês de Julho, está programando um evento aberto para o dia 28 de Julho, junto com o movimento Choice (maior rede de universitários engajados em Negócios Sociais do Brasil, com missão de transformar a forma de fazer – e entender – negócios nas universidades).

Neste evento, chamado de IDDS+Make Your Choice!, vão rolar debates sobre o terceiro setor; apresentação dos projetos que foram desenvolvidos no IDDS Brasil 2012; e oficinas com temas específicos, como a Oficina de Design e inovação social, com a Professora Amy Smith do MIT D-Lab (bacana, né?!).

Se quiser mais informações e ver a agenda completa do evento, clique aqui. Também criaram o evento no Facebook, dê um participar para acrescentar ao seu calendário da rede social.

Não vai ficar de fora, né?!

Onde? Escola Politécnica da USP – Avenida Professor Luciano Gualberto, Travessa 3, nº 380, Butantã  São Paulo.

Quando? 28 de Julho (sábado), das 9h às 17h30.

Quanto? Nada! Evento gratuito! ;)

Uma ótima oportunidade para conhecer um projeto incrível, pessoas interessantes de vários cantos do mundo, e tudo isso com muita inovação e design! =)

Comentários

RELEMBRANDO: 3M Innovation Connections

17 de July de 2012

Recentemente divulgamos o evento Innovantion Connections, organizado pela 3M, onde tivemos a oportunidade de prestigiar vários palestrantes narrando suas mais diversas experiências. Segundo a 3M, o evento tem como objetivo conectar pessoas, compartilhar conhecimento e promover a cultura de inovação. Nas palavras dos organizadores: “como tudo começa na curiosidade, na troca de informações, na paixão em solucionar problemas e no exercício contínuo da colaboração, projetamos este evento e convidamos você a descobrir, com a gente, as infinitas conexões para o caminho da Inovação.”

Luiz Eduardo Serafim palestrando sobre a Inovação na 3M, no Innovation Connections.

E voltamos a falar do assunto hoje, para convidá-los a assistir o vídeo abaixo com o criador do Post-it, o grandioso Art Fry, narrando um pouquinho de sua trajetória, durante sua participação neste evento. Confira! (obs: o vídeo que aparece na palestra contando  a história do bloco de post-it procurando seu pai, você pode conferir aqui).

Aproveite também para acessar os vídeos dos demais palestrantes do evento, gentilmente disponibilizados pela 3M, no link abaixo:

http://www.3minovacao.com.br/connections/

Inspire-se! Conecte-se!

Comentários

LEGO Cuusoo | Crowdsourcing

16 de July de 2012

Para você que curte o conceito de  Crowdsourcing, vale a pena conhecer um dos mais novos exemplos desenvolvidos utilizando esta plataforma:  o Lego Cuusoo!

Mas o que é isto? Na verdade, trata-se de  um site onde os fãs das peças de montar podem compartilhar conceitos que gostariam que fossem comercializados. Pessoas do mundo inteiro podem desfrutar deste espaço, a ideia é submeter as propostas  para votação e torcer para que ela seja uma das mais votadas e  transforme-se em um produto real.

Um exemplo prático e recente ocorreu  com o Lego Minecraft, baseado em um jogo de sucesso na WEB  no mundo inteiro. Após 10 mil likes de fãs, o jogo entrou em produção e esta sendo aguardado ansiosamente por adeptos de todas as idades!

Já pensou ter sua ideia transformada em um Lego de verdade? É como diz a assinatura do projeto “Where wishes come true”.

Comentários

IDDS | Design para Desenvolvimento Social

27 de June de 2012

Nós sempre falamos sobre Design Thinking e como o Design pode ser utilizado para gerar grandes soluções para as empresas e para os negócios. Mas você já parou para pensar se utilizássemos todo esse potencial de criação e transformação em prol de uma causa maior? Se, da mesma maneira como aplicamos nas empresas, aplicássemos as ferramentas, os processos e a metodologia para melhorar a vida de pessoas que estejam precisando? Pois é… design, de repente, ganha um novo propósito, não acha?

É o que o programa International Development Design Summit, o IDDS, se propõe a fazer: ser um “encontro Internacional de Design para Desenvolvimento Social  que reúne participantes de diversos países e áreas de atuação para criar tecnologias ou empreendimentos que melhorem a vida de pessoas em situação de pobreza”, como eles mesmos definem.

O programa foi criado em 2007, pela Professora do Massachusetts Institute of Technology (MIT), Amy Smith, que também é a fundadora do D-Lab, no próprio MIT (mas isso é assunto para outro post). O que a Prof. Smith sempre buscou, diferente da maior parte de outros eventos acadêmicos como este, é o envolvimento das pessoas das comunidades nos processos de criação: a co-criação.

IDDS 2011 em Gana – África. Co-criação envolvendo a comunidade local. Fonte: Facebook IDDS Brasil

O IDDS vai além de debates, discussões em sala, de planos de negócios, artigos científicos, ou projetos teóricos. As etapas do IDDS vão do entendimento e do envolvimento da comunidade local; da busca de soluções e ideias; da criação e implantação através do desenvolvimento de protótipos práticos; até a estimativa do impacto social que essa ideia deverá trazer para a comunidade. Tudo isso para que a iniciativa criada esteja o mais próximo da realidade possível.

Quase metade dos participantes são estudantes, que interagem com profissionais com experiência em campo. No primeiro grupo que aconteceu no MIT, nos EUA, em 2007, se encontraram 50 pessoas de 16 países incluindo Haiti, Paquistão, Tibete, Guatemala, Gana, Zambia e República Democrática do Congo. Tanta diversidade de culturas, formações e idades, reunida por um propósito comum (melhorar a vida de pessoas em situação de pobreza) gerou projetos como o refrigerador de baixo custo, e a luz biológica (uma luz doméstica alimentada por micróbios no solo). Dá pra conhecer muitos dos projetos já desenvolvidos nestes anos de IDDS nesta seção, dedicada a explicar os protótipos realizados pelos grupos.

Desde 2009 os encontros deixaram de acontecer no MIT, nos EUA, e passaram a ir onde realmente uma verdadeira imersão no problema acontece: em zonas de pobreza. O cenário que vinha sendo escolhido, desde então, eram as comunidades de Gana, na África.Porém em 2012, será a vez do Brasil. A edição deste ano ocorre pela primeira vez no nosso país, e está sendo organizada em uma parceria entre MIT, USP e ITA. Outro fato inédito nesta edição é o foco urbano, ao contrário do acontecia nas comunidades de Gana. O objetivo será desenvolver soluções acessíveis que gerem um efeito positivo no ambiente da cidade e na qualidade de vida dos habitantes que vivem na pobreza, principalmente em favelas ao redor de São Paulo, onde os grupos estarão presentes.

Na página do Facebook IDDS Brasil dá para ver a cobertura do evento do ano passado, que aconteceu em Gana, e acompanhar a edição deste ano, no Brasil.

Se você curtiu a ideia e gostaria de fazer parte, mas não conseguiu se inscrever, poderá participar do Evento de Abertura (mais infos aqui). É gratuito, será no dia 02 de Julho (segunda-feira), das 9h às 16h30, em São Paulo, no Auditório Azul da EACH, USP Leste.

Não perca essa oportunidade de deixar você também sua pegada! :)

Comentários

Zappos Insights | Treinamentos da cultura da Zappos

13 de June de 2012

Acredito que a grande maioria dos nossos leitores já conheçam a Zappos… Mas se você ainda não sabe do que se trata, segue um breve resumo do caso:

A Zappos é uma empresa americana, fundada em 1999, que vende sapatos, roupas e acessórios online. Recentemente comprada pela Amazon.com por USD 1,2 bi, ficou mundialmente conhecida por sua cultura organizacional que tem como missão a excelência no atendimento ao cliente. O que tornou a Zappos famosa, além do seu crescimento rápido (apenas 10 anos), foi a sua forte cultura com valores bem fundamentados e praticados como os de transmitir um UAU sempre surpreendendo o cliente; ser apaixonado e determinado; abraçar e conduzir mudanças; e fazer mais com menos.

Portanto, se você está tentando uma mudança radical na forma como a sua empresa lida com o cliente, pode parar tudo e começar a pôr em prática a cultura empresarial de Tony Hsieh, CEO da Zappos. Não é por acaso que eles têm 2.390.444 de seguidores no Twitter @zappos e 252.000 pessoas em sua página no Facebook. E sim, é “apenas” uma loja que vende sapatos.

[youtube=http://youtu.be/oYNssS_DCPo]

OK! Agora que estamos todos na mesma página, vamos ao assunto deste post: Zappos Insights.

A cultura de atendimento ao consumidor de Tony Hsieh foi tão bem sucedida, que ele resolveu abrir as portas da empresa e criar uma plataforma de treinamentos para clientes e parceiros para difundir suas metodologias. Existem diversos cursos disponíveis incluindo visitas à Zappos, afinal, nada melhor do que aprender alguma coisa vivenciando-a na prática, certo?

Nós ficamos bastante interessadas em participar de um curso deles, o único “probleminha” é que vamos ter que nos programar para ir ano que vem já que todos os cursos são nos Estados Unidos. E você, já participou ou conhece alguém que tenha participado de algum curso oferecido pela Zappos? Compartilha, compartilha, compartilha!!!

Dica de leitura:

Livro: Satisfação Garantida – Delivering Happiness, do CEO da Zappos, Tony Hsieh.

Post sobre case da Zappos pelo Papo de Homem.

Comentários

Case Ikea | Inovação nas pontas dos dedos!

1 de April de 2012

O processo de design thinking (se quer conhecer mais, temos um bom livro pra recomendar) sempre pregou que para se chegar em uma grande solução inovadora, o ponto principal está em colocar o usuário no centro do processo de criação.

O case da Ikea que estamos trazendo vem mostrar que, como sempre, esta é uma boa ideia e que acaba funcionando muito bem e trazendo bons resultados!

Imagine se sua empresa é uma empresa que acompanha as novas tendências e tecnologias, e resolve lançar um novo catálogo de produtos em uma versão digital, focada para tablets e smartphones, ou seja, especialmente para ser manuseada através de uma navegação touch screen. Legal, certo? Até aí nada de mais, correto? Basta ter os desenvolvedores e lançar. Mas e se o lançamento for na Noruega? Aquele país que está na mesma latitude que o Alasca e a Sibéria e onde no inverno a temperatura pode chegar a  -40° em algumas regiões. Ou seja, onde as pessoas não tiram as luvas quase nunca!? E você já tentou navegar em touch screen com luvas? Pois é… não rola.

O desafio era esse. Como garantir que o catálogo tivesse um bom número de acessos e não fosse prejudicado por causa das luvas?!

Lançando o “BEHÖRA” (que significa “para tocar”, em norueguês). Dá uma olhadinha no vídeo que explica o case e o tal do “BEHÖRA”:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=kn5GIlLGg2w]

Pra quem ainda não ficou claro… a solução da Ikea, o tal do “BEHÖRA”, é um kit com uma agulha e um fio condutor. Basta seguir as instruções e costurar o fio condutor no dedo indicador da sua luva favorita e pronto, a luva passa a “funcionar” na touch screen.

O sucesso foi tão grande que os 12 mil kits iniciais foram vendidos em apenas duas semanas, e o novo catálago da Ikea para iPad se tornou o aplicativo número na App Store.

Ideia simples, mas genial, que acertou em cheio na necessidade do usuário.

É por isso que sempre dizemos que inovação está muitas vezes nos detalhes, nas sutilezas, nas pontas dos dedos! =)

Comentários
Pages:«1234»

Follow Us!

Realização:

Parceria

Biblioteca