Squirro! O primeiro assistente pessoal para pesquisas

8 de August de 2012

Squirro é o nome dado à uma ferramenta, recém lançada, que promete ser o primeiro assistente pessoal digital para pesquisas na internet! Basicamente, ele diminui o “ruído digital” da sua busca, fornecendo apenas informações relevantes sobre o tema pesquisado, incluindo contato de empresas.

[youtube=http://youtu.be/DfdM1Gz_2us]

Usando uma inteligência de curadoria automatizada, o Squirro digitaliza múltiplas fontes de canais de Internet, mídia social, contatos, bases de dados privadas e sistemas internos de negócios para reunir as informações e atualizações constantes. Como resultado, Squirro cria uma coleção viva de conteúdo, fornecendo contexto real às informações necessárias para pesquisa de mercado mais eficiente e perspicaz, análise competitiva, prospecção e construção de relacionamento.

Além disso, os usuários podem definir preferências, fontes ou o tipo de conteúdo que devem ser rastreados, e podem integrar dados de seus próprios documentos ou software de gerenciamento de conteúdo.

A ferramenta ainda está em fase beta (= teste) e é preciso ser convidado ou se inscrever na fila de espera para poder usar. Eu já me inscrevi, mas ainda estou no aguardo! No entanto, se você utiliza um sistema de CRM como Salesforce, SugarCRM, SAP, D, Highrise ou Confluence, você pode começar a usar o Squirro imediatamente. #CORRÃO!!!!!! Vamos testar! (e compartilhar experiências e percepções aqui no blog :P )

Se funcionar legal, com certeza vai ser fantástico e indispensável para desk research! (dedos cruzados)

 

via Springwise

Comentários

Wrike | Ferramenta para gestão de projetos

7 de August de 2012

Como sempre trabalhamos em vários projetos e processos de inovação ao mesmo tempo, ter uma boa ferramenta de gestão de projetos é essencial.

Estivemos testando algumas ferramentas e encontramos uma solução bem legal, principalmente pelos recursos disponíveis na versão free! =)

Estamos falando do Wrike, uma solução on line, super intuitiva, para gestão de projetos.

 

Dá para fazer todas as funções básicas de um gerenciamento de projeto, como delegar tarefas, ordenar atividades cronologicamente, enviar notificações aos participantes dos projetos a cada nova alteração, estipular prazos, entre outras tantas funções. Mas melhor do que eu escrever e explicar, é você assistir ao vídeo tour deles:

 

E aí? Gostou? Para começar a usar a versão trial, gratuita, é super simples, basta se cadastrar rapidamente no site e pronto! Corre lá para testar! ;)

Comentários

Design thinking toolkit para educadores

6 de August de 2012

A IDEO, renomada empresa americana de design, apresentou uma proposta, bem interessante, chamada Design Thinking for Educators. O projeto tem como objetivo utilizar métodos de Design Thinking para auxiliar professores a lidarem com as diferentes situações em seu dia a dia nas escolas.

O método aborda práticas em sala de aula, interação com outros professores, organização de espaços físicos, etc.

No site, é possível fazer download (free) de todo o material (que está bem legal). Também é possível encontrar: cases, depoimentos de professores, pesquisas, etc.

Se você é do meio acadêmico, vale a pena conferir! ;)

 

 

Comentários

Visão geral de um processo de Design Research

5 de August de 2012

Muitas vezes sou abordada por pessoas que querem entender, de forma rápida, como funciona um processo de design research (sim, é a mesma coisa que design thinking). Ao explicar, sempre acabo rabiscando algumas coisas, mas acho que vou incluir o vídeo abaixo no meu discurso. rs.

É de uma reportagem feita em 1999 pela emissora norte americana ABC que mostra um processo realizado pela IDEO com o objetivo de redesenhar um carrinho de supermercado.

 

Para assistir  a versão completa, com cerca de 30 minutos, clique aqui.

Quer conhecer o case inteiro do shopping cart da IDEO?  Clique aqui.

 

(Ei! Pai! Agora você entendeu com o que eu trabalho? rs)

Comentários

Inspire-se com a cor no espaço e no tempo!

3 de August de 2012

Sexta-feira é sempre aquele dia em que chegamos no escritório já pensando na hora de sair (atire a primeira pedra, quem nunca!)! Estamos pensando já no vários programas que teremos pela frente no fim de semana, nos momentos com a família, com o amigos, e naquele tempinho com nós mesmos! Delícia, né?!

E já que a sexta-feira pede esta pegada, decidimos que toda sexta-feira vamos honrar o clima do dia e postar alguma dica de inspiração que já fique valendo para o fim de semana! Pode ser uma exposição, um filme, um teatro, enfim, qualquer interação que tenhamos visto, e principalmente vivenciado e que tenha nos inspirado! Afinal, muito da inovação é inspiração!!!!! É ter uma variedade de experiências e conhecimentos diferentes acumulados para ter AQUELE insight diferente que vai virar o jogo! ;)

E para inaugurar nossos posts inspiradores, vou começar falando de uma exposição que visitei duas semanas atrás e super recomendo:

Carlos Cruz-Diez: A cor no espaço e no tempo.

Como nossa praia não é falar de arte e sim de inovação, não vou nem arriscar comentar a exposição deste ponto de vista! Deixo isso para os entendidos. Mas por que achamos que é uma exposição inspiradora? Vamos lá… primeiro porque é suuuuper colorida! =)

Tudo que tem cor desperta nossos sentidos e nos leva a outros lugares. O Cruz-Diez passou praticamente a vida toda dele estudando as cores e o efeito que ela causa nas pessoas. Esse é outro ponto legal: perceber como ele se coloca no lugar do observador para criar as suas obras! O tempo todo ele está pensando na pessoa que está interagindo e na reação que ele quer causar na pessoa que ali estará (não parada, porque suas obras exigem movimento!). E assim é nos processos de inovação, um eterno exercício de se colocar no lugar no outro, do cliente, do observado; para sentir suas dores, suas necessidades e a partir daí poder criar soluções incríveis.

Indução Cromática 53, 1973.

Outro ponto interessante é que ele quebra o paradigma da estática tão presente em museus onde obra e observador mantém sua distância e não há interação. Na maioria das obras, o efeito e o resultado de cada peça depende única e exclusivamente do trabalho do observador de se mover diante da obra, de um ir e vir diante do quadro enquanto observa as cores e as formas se modificando diante de seus olhos. É divertido ver as pessoas “dançando” na frente de cada marco, pois o movimento é fundamental para que se observe o efeito que o artista criou. O jornal Estadão citou perfeitamente que “no trabalho do artista, a cor deixa de ser ‘elemento fixo’ para transformar-se em ‘acontecimento’ a partir da luz”.

Além dos quadros e obras nos quais você fica em um constante ballet para aproveitar o máximo da experiência das cores se revelando como um passe de mágica diante dos seus olhos, existem duas instalações muito legais onde você faz parte do cenário e fica imerso no jogo de cores e luzes criados pelo artista. Se para você não vale pelo interesse artístico, vale ir, no mínimo, pelas fotos divertidas como as fotos abaixo. :)

Em uma entrevista para o jornal Folha de São Paulo, Cruz-Diez disse: “Fazer com que as pessoas entendessem a cor no espaço me ocupou durante muitos anos (…) estava tentando devolver a vista a uma geração de cegos.”.

E se você gostar do estilo do artista e quiser se aventurar pelos mesmos passos dele, tem até um app para testar suas habilidades:

“Arte é como uma bomba no tempo. Ela explode quando menos se espera e muda comportamentos que pensávamos imutáveis.” – Cruz-Diez

INSPIRE-SE:

Cruz Diez: cor no espaço e no tempo
Local: Pinacoteca do Estado
Endereço: Praça da luz, 2, São Paulo
Data: de 14 de julho a 23 de setembro
Horário: de terça a domingo, das 10h às 18h
Entrada: R$ 6 – grátis aos sábados e às quintas (esta última das 18h às 22h)

 

Comentários

Paixão + Processo + Foco = Inovação

1 de August de 2012

Harry West, CEO global da consultoria Continuum, sempre reforça em suas palestras que o nível de exigência do público por produtos e serviços só tem aumentado. Segundo ele, “Perfeito já não é bom o suficiente. As pessoas querem melhor. Sempre há espaço para aprimorar e inovar”.

Ninguém disse que fazer isso é fácil, mas pode ter certeza que não é impossível.

Na apresentação do TEDx Orange Coast de 2011, Harry West mostra que com paixão, um bom processo e, foco, as inovações surgem de forma natural. O vídeo tem cerca de 10 minutos e ilustra de forma bem rápida o significado de todo nosso trabalho.

 

PS: Sim, ele foi o cara que criou o Swiffer!!!!! O.O

Comentários

LEGO Cuusoo | Crowdsourcing

16 de July de 2012

Para você que curte o conceito de  Crowdsourcing, vale a pena conhecer um dos mais novos exemplos desenvolvidos utilizando esta plataforma:  o Lego Cuusoo!

Mas o que é isto? Na verdade, trata-se de  um site onde os fãs das peças de montar podem compartilhar conceitos que gostariam que fossem comercializados. Pessoas do mundo inteiro podem desfrutar deste espaço, a ideia é submeter as propostas  para votação e torcer para que ela seja uma das mais votadas e  transforme-se em um produto real.

Um exemplo prático e recente ocorreu  com o Lego Minecraft, baseado em um jogo de sucesso na WEB  no mundo inteiro. Após 10 mil likes de fãs, o jogo entrou em produção e esta sendo aguardado ansiosamente por adeptos de todas as idades!

Já pensou ter sua ideia transformada em um Lego de verdade? É como diz a assinatura do projeto “Where wishes come true”.

Comentários

A visão de futuro das crianças pela Microsoft Advertising

4 de July de 2012

Recentemente, vimos um post da nossa querida colega Paula Rizzo, no blog Update or Die,  sobre uma propaganda criada pela agência Two Fifteen McCann  que mostra as diversas inovações que vêm sendo criadas pela Microsoft através da visão de futuro das crianças. Achamos que valia compartilhar com vocês. :D

[youtube=http://youtu.be/OoDcZOQHNlw]

(mais uma vez: futuro, chega logo por favor! rs)

Comentários

Miguel Nicolelis separa a mente do corpo

3 de July de 2012

Adoramos cientistas e estudiosos que desafiam a história e a ciência, e criam teorias “malucas” (ou não), deixando nossas imaginações borbulharem de ideias e pensamentos.  Já falamos sobre o Neil Harbisson, Michio Kaku, Neil deGrasse Tyson, Sugata Mitra… e hoje é a vez de Miguel Nicolelis.

Miguel Angelo Laporta Nicolelis, nascido em 1961, especialista em neurociência, brasileiro e considerado um dos 20 cientistas mais importantes do mundo pela revista Scientific American. Entre seus grandes desafios, está a integração do cérebro humano com as máquinas, tendo como objetivo desenvolver próteses neurais para a reabilitação de pacientes que sofrem de paralisia corporal.

Tive a oportunidade de assistir a uma palestra do Nicolelis no ano passado. Fiquei arrepiada ao saber dos resultados de suas pesquisas. O cara é tão bom, que foi aplaudido por cerca de 5 minutos pelo público que ficou até de pé.

Durante a palestra ele apresentou seu projeto, 100% brasileiro, de criar o Instituto Internacional de Neurociência em Natal (fantástico, por sinal) e também falou sobre seus planos de separar a mente do corpo e fazer com que ela seja integrada à máquinas. Mostrou uma série de experiências feitas com macacos que já conseguem movimentar braços mecânicos e até um robô remotamente (que estava no Japão) por meio de sinais enviados pelo cérebro.

Assista aqui alguns vídeos que o cientista apresentou na palestra:

[youtube=http://youtu.be/PTVVYYxY9Cs]

[youtube=http://youtu.be/SSaBOd4pQpM]

Reflexão: agora, vem cá… se isso der certo mesmo (e sim, vai dar!) e começar a ser comercializado, imaginem só, do que seremos capazes!!! O.O

O cientista contou que, na abertura da Copa de 2014, um deficiente físico irá, pela primeira vez na história do mundo, caminhar até o centro do campo com pernas robóticas para mostrar que o Brasil é o pais da ciência. (#goosebumps)

O blog TecMundo postou um texto super legal explicando os estudos de Miguel Nicolelis, que vale a pena ler.

E se você tiver um tempinho, também vale MUITO a pena dar uma zapeada pelos vídeos no YouTube de entrevistas com o Nicolelis.

Comentários

Ferramentas de buscas visuais que funcionam

2 de July de 2012

Uma das partes mais importantes de um processo de pesquisa é o chamado Desk Research. E, como em vários outros momentos da vida, provavelmente o Google se torna seu melhor amigo.

Eu sou uma super fã deste buscador. Não vivo sem. Mas vamos apresentar pra vocês duas outras ferramentas que vão mudar a forma como você realiza buscas na internet. :D

 

1. What Do You Love? 

Essa ferramenta é oferecida pelo próprio Google e tem a intenção de oferecer ao usuário suas diversas funcionalidades em uma mesma página. Você pode ver os resultados de busca no Google, os vídeos no YouTube, assinar um Alerta, enviar um e-mail, fazer traduções, etc.

Assista ao vídeo para entender melhor o conceito:

[youtube=http://youtu.be/Hu-YsZNpkZs]

 

 2. Spezify

Esse é o nosso ”mais novo preferido”. O site sueco é uma ferramenta de busca que dá um show quanto à qualidade dos resultados e aos seus recursos visuais. Além de trazer os resultados do Google, ele também faz uma varredura nas principais redes sociais: Facebook, Twitter, Flickr, MySpace, e até na Amazon. (Não, o Orkut não está na lista de busca, rs). Dependendo da quantidade de resultados da sua busca, o painel pode ser quase infinito e você pode navegar como quiser. Dá para separar por foto, som, vídeo, posts em redes sociais, etc.

Assista aqui uma reportagem da Tekzilla sobre a ferramenta:

[youtube=http://youtu.be/5q8wg2Jv16c]

 

Calma, não se desespere. Não estamos anunciando o fim do Google. Só estamos apresentando novas formas de pesquisa! Vai lá… experimenta! (e compartilha aqui sua experiência).

Comentários

Follow Us!

Realização:

Parceria

Biblioteca